Mais de 100 visitantes na Estação de Biologia Marinha em novembro Versão para impressão
No mês de novembro a Estação de Biologia Marinha do Funchal deu a conhecer a visitantes das mais variadas faixas etárias a importância do trabalho desenvolvido pelos biólogos marinhos, ao continuar a receber escolas e proporcionando visitas guiadas com palestras e workshops.

Neste mês a Estação recebeu como visitantes estudantes de diferentes faixas etárias, da Escola Profissional Cristóvão Colombo, Escola Básica e Secundária Gonçalves Zarco, Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Dr. Eduardo Brazão de Castro e Universidade Sénior de Santa Maria Maior.

A apresentação “14 anos a investigar os Mares da Madeira na Estação de Biologia Marinha do Funchal” assistida pelos estudantes da Cristóvão Colombo e da Universidade Sénior, foi seguida pelo “Workshop sobre o Mar Profundo”, onde explicou-se o processo de captura de crustáceos de profundidade. Os visitantes mais novos do curso de educação e formação de operador de armazenagem da Escola Dr. Brazão de Castro ouviram atentamente a palestra “Biodiversidade marinha da Madeira: conhecer para proteger”, assim como o “Workshop sobre o Mar Profundo”. Os jovens da Gonçalves Zarco por sua vez puderam assistir a uma projeção sobre os “Peixes litorais da Madeira” e à amostragem biológica de duas espécies de tubarões, o tubarão-martelo e a caneja.

Galeria de Fotos

(Fotos de: Luísa Costa/DCI; Texto de: Luísa Costa/DCI)