O Museu de História Natural do Funchal – 79 anos Versão para impressão
01
 
No dia 5 de outubro, o Museu de História Natural do Funchal comemora 79 anos ao serviço da comunidade e da Ciência.

Pelas 16 horas de ante-ontem realizou-se a inauguração oficial do Museu Regional da Madeira.

Este pequeno excerto, do artigo publicado no dia 7 de outubro de 1933, no Diário de Notícias, dava conta da abertura oficial do atual Museu de História Natural do Funchal. Tratou-se de um processo moroso que se iniciou em 1929 com a compra, por parte da edilidade funchalense, do Palácio de São Pedro, uma das mais significativas obras da arquitetura civil portuguesa, de meados do século XVIII, mandado construir pela família Carvalhal. 

O Museu de História Natural do Funchal, localizado na Rua da Mouraria n.º 31, é o mais antigo Museu do Arquipélago da Madeira, em funcionamento. Foi o primeiro a ser criado na Madeira, por uma entidade pública, e que, sobreviveu até aos nossos dias, em plena atividade. As coleções científicas do Museu incluem uma exposição permanente (exibindo 78 espécies de peixes, 247 espécies de aves, 14 espécies de mamíferos, 3 espécies de tartarugas marinhas, 152 espécies de insetos e outros invertebrados, 19 espécies de plantas e uma coleção significativa de rochas e minerais do arquipélago da Madeira, assim como uma coleção de fósseis marinhos do Porto Santo) e coleções de referência que se encontram distribuídas pelo Palácio de São Pedro, localizado na Rua da Mouraria, 31 e pela Estação de Biologia Marinha do Funchal, localizada junto ao Cais do Carvão, na Promenade da Orla Marítima do Funchal. Estas coleções contam hoje com mais de 42.000 registos, representando mais de 100.000 espécimes oriundos do arquipélago da Madeira, em particular e da Macaronésia no geral. O Museu mantém uma atividade editorial, de carácter científico e única no seu género, em Portugal, com divulgação a nível mundial. Possui um quadro próprio de conservadores/investigadores que mantêm atividade científica de relevo no contexto da Macaronésia. Desenvolve programas didáticos para todos os níveis de escolaridade e promove visitas guiadas para instituições culturais e de solidariedade social. Para além do Museu, é possível visitar também um Aquário de água salgada onde o visitante poderá vislumbrar espécies marinhas costeiras do Arquipélago madeirense.

O Jardim de Plantas Aromáticas e Medicinais é um jardim com fins pedagógicos e de lazer. Aberto ao público no dia 5 de junho de 2000, Dia Mundial do Ambiente, é um local aprazível onde os visitantes podem conhecer mais de quatro dezenas de plantas aromáticas e medicinais oriundas dos 5 continentes.

O Museu de História Natural do Funchal faz parte integrante do Departamento de Ciência, da Câmara Municipal do Funchal.

Para mais informações visite-nos em: http://www.cm-funchal.pt/ciencia.

Galeria de Fotos

 


(Fotos de: DCI)