18 Setembro 2021
pt | en Contactos | Mapa do Site
Página Inicial » Newsletter
Marroio Versão para impressão Enviar por E-mail
00

O Jardim de Plantas Aromáticas e Medicinais, inaugurado no dia 5 de junho de 2000, Dia Mundial do Ambiente, é um espaço aprazível onde os visitantes podem conhecer mais de quatro dezenas de plantas medicinais, aromáticas e algumas ornamentais, oriundas dos 5 continentes.

 Nos 890 m2 deste Jardim o visitante pode observar plantas como a cana-de-açúcar, o funcho, a consolda, a salva, a salsa, o aipo, diversas hortelãs, a babosa, a árvore-da-canela e uma Ginkgo biloba, originária da China e do Japão.

Neste mês, damos a conhecer o marroio, uma planta muito conhecida de todos.

Nome científico: Marrubium vulgare L.

Nome vulgar: marroio.

Família: Lamiaceae.

Origem: Europa Mediterrânica e Ásia Central

Descrição: planta herbácea, perene, que faz lembrar a hortelã-pimenta. Pode atingir 25 a 45 centímetros de altura. As folhas têm 2-5 cm de comprimento, apresentam uma superfície enrugada, tomentulosas a subglabras na página superior, branco-lanosas na inferior. As flores são brancas e encontram-se dispostas em verticilastros globosos. Mericarpos truncados no ápice.

Propriedades: tónicas, excitantes e cardiotónicas.

Uso mais comum:

Medicina tradicional – tem sido usada no tratamento de problemas respiratórios, asma, tosse, problemas digestivos e estimulante do apetite.

Partes utilizadas: folhas

Curiosidades: Segundo Jardim & Sequeira (2008) esta planta possui o estatuto de conservação de nativa, no arquipélago da Madeira, ocorrendo nas ilhas da Madeira, Porto Santo e Desertas. O marroio é usado na agricultura, como repelente de gafanhotos.

 

Galeria de Fotos

 

 

(Texto de: Juan Silva /DCI; Fotos de: Sónia Dória /Gabinete Arte e Design)

 
Mapa do Site | Sugestões | Condições de utilização | Privacidade | © 2021, Municipio do Funchal Facebook | RSS