3 Agosto 2021
pt | en Contactos | Mapa do Site
Página Inicial » Novidades » Peixe raro apanhado na Madeira
Peixe raro apanhado na Madeira Versão para impressão Enviar por E-mail

Coryphaenoides thelestomusPescadores profissionais apanharam no passado dia 28 de Novembro de 2010 um peixe lagartixa, espécie rara de águas profundas, que deu entrada na colecção do Museu de História Natural do Funchal.

Trata-se de um peixe da família Macrouridae (peixes lagartixa) cujo nome científico é Coryphaenoides thelestomus Maul, 1951. Esta espécie tem a particularidade de ter sido descrita pela primeira vez para a ciência, pelo renomado ictiólogo Günther Maul, que foi Director do Museu de História Natural do Funchal. Na altura, pescadores madeirenses da pesca da espada preta pescaram, por acidente, um exemplar desta espécie e trouxeram-no ao Museu. O Dr. Maul verificou tratar-se de uma espécie nova para a ciência e publicou a sua descrição num artigo publicado o Boletim do Museu Municipal do Funchal (Maul, G. E., 1951. Monografia dos peixes do Museu Municipal do Funchal. Famílias Macrouridae e Merluciidae. Boletim do Museu Municipal do Funchal, Vol. V, art. 12, pp. 5-55).


O exemplar agora trazido para o Museu é uma fêmea adulta com 950 mm de comprimento total e 4,9 kg, constituindo assim o maior exemplar desta espécie jamais capturado. Foi registado com o número MMF 41365.

 

Coryphaenoides thelestomus


Os peixes lagartixa são carnívoros e habitam as águas profundas, entre os 1000 e os 2000 m de profundidade. Podem viver até próximo dos 100 anos. Esta espécie é apenas conhecida das águas das Madeira e Canárias, tendo alguns exemplares sido recentemente capturados pelas equipas do Museu e da Estação de Biologia Marinha do Funchal, em campanhas de mar no âmbito dos projectos PESCPROF.

 
Mapa do Site | Sugestões | Condições de utilização | Privacidade | © 2021, Municipio do Funchal Facebook | RSS